pinnacle

buscar
Notícias

Querem proibir carros elétricos antigos de usem carregadores rápidos

O uso de carregadores ultrarrápidos nos EUA se torna assunto de discussão à medida que donos de carros elétricos mais antigos são proibidos de usá-los.
Publicado em Notícias dia 8/10/2023 por Alan Corrêa

Em uma reviravolta surpreendente, uma situação inusitada ocorreu recentemente no Aeroporto Internacional Dallas-Forth Worth, nos Estados Unidos, gerando uma discussão sobre a utilização de carregadores ultrarrápidos por proprietários de carros elétricos mais antigos. Um bilhete colado em um carregador de 350 kW despertou um debate sobre a etiqueta e a igualdade de acesso a estações de carregamento para veículos elétricos.

O bilhete, cujo autor ainda permanece anônimo, trazia uma mensagem clara: “Para garantir um acesso justo ao carregamento para todos os motoristas de EV: Se o seu EV não puder aceitar mais de 100 kW, NÃO ESTACIONE NESTE CARREGADOR (REGINA).” Além disso, o bilhete listava os modelos de carros elétricos que não deveriam usar o carregador ultrarrápido, incluindo o Chevrolet Bolt EV/EUV, Hyundai Kona Electric, Nissan Leaf, Mazda MX-30, Mini Cooper SE, Smart EQ Fortwo, Volkswagen e-Golf, Ford Transit EV, entre outros.

O uso de carregadores ultrarrápidos nos EUA se torna assunto de discussão à medida que donos de carros elétricos mais antigos são proibidos de usá-los.

O autor do bilhete continuou com uma justificação, alegando que carros com potência de carregamento inferior a 100 kW não deveriam usar o carregador ultrarrápido, pois estariam prejudicando os carros que podem utilizá-lo em toda a sua capacidade. O argumento é de que carros mais modernos, com suporte para maiores potências de carregamento, demoram consideravelmente mais tempo para carregar em estações mais lentas, tornando a experiência menos eficiente.

A situação foi compartilhada no Reddit e rapidamente chamou a atenção do site Jalopnik, que entrou em contato com a EVgo, a empresa responsável pelos carregadores, para esclarecimentos. A EVgo confirmou o ocorrido e garantiu que não estava envolvida na colocação do bilhete, tendo mandado um funcionário para removê-lo.

Apesar da atitude provocativa e elitista do bilhete, a questão subjacente levanta um debate válido sobre o uso adequado de estações de carregamento para veículos elétricos. É fato que carros com potência de carregamento mais baixa não aproveitam totalmente a capacidade dos carregadores ultrarrápidos. Entretanto, atualmente, não existe nenhuma regulamentação que obrigue proprietários de veículos menos potentes a utilizar estações de carregamento mais lentas, sendo uma questão de cortesia e consideração pelo próximo.

À medida que a adoção de carros elétricos continua a crescer e a infraestrutura de carregamento se expande, a convivência entre diferentes tipos de veículos elétricos é um desafio importante a ser abordado. A questão fundamental é garantir que todos os proprietários de carros elétricos tenham acesso conveniente a estações de carregamento, independentemente da potência de seus veículos.

Em última análise, enquanto os carregadores ultrarrápidos podem ser mais adequados para veículos com capacidades de carregamento mais altas, a coexistência pacífica e o respeito mútuo entre os motoristas de carros elétricos são essenciais para construir uma comunidade de mobilidade elétrica mais forte e eficiente.

pinnacle Mapa do site

1234